Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Enchentes no sul da França obrigam 1 600 pessoas a deixarem suas casas

Homem de 70 morreu após cair em um rio; maioria das pessoas deslocadas são agricultores

Por Da Redação Atualizado em 10 ago 2018, 11h27 - Publicado em 10 ago 2018, 10h36

Ao menos 1 600 pessoas tiveram de deixar suas casas nos últimos dias por conta das enchentes que atingem o sul da França. Um homem alemão de 70 anos morreu.

Os departamentos de Gard, Ardeche e Drome foram os mais atingidos. Mais de 400 bombeiros, policiais e 4 helicópteros foram mobilizados para auxiliar nos processos de resgate e transporte de moradores para outras regiões.

A região afetada abriga muitas fazendas e plantações. A maioria das pessoas deslocadas são agricultores.

  • O homem de 70 anos que morreu trabalhava supervisionando crianças em um acampamento. Segundo a agência de notícias alemã German Press Agency, ele caiu no rio Aube, no vilarejo de Rouvres-sur-Aube, na quinta-feira (9).

    O prefeito do distrito Haute-Marne afirmou que mergulhadores e um helicóptero foram mobilizados para procurar o homem desaparecido.

    As fortes chuvas que causaram as enchentes vieram após um período de altas temperaturas que atingiram o sul da França e boa parte da Europa. Segundo meteorologistas, foram registrados quase 8 centímetros de chuva nas últimas 24 horas.

    Continua após a publicidade
    Publicidade