Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Enchente nos Bálcãs mata 37 pessoas e ameaça usinas na Sérvia

Chuva na região é a mais intensa em um século

Por Da Redação Atualizado em 10 jan 2018, 17h51 - Publicado em 18 Maio 2014, 15h33

Chegou a 37 o número de mortos na pior enchente da região dos Balcãs em um século. Doze corpos foram encontrados na cidade mais atingida da Sérvia, Obrenovac, a 30 quilômetros da capital, Belgrado – o número deve subir à medida que as águas baixarem. “A situação é catastrófica”, disse o primeiro-ministro, Aleksandar Vucic.

Soldados, policiais e moradores correram para levantar barreiras de sacos de areia ao redor do perímetro da usina de energia Kostolac, a Leste de Belgrado. Kostolac gera o equivalente a 20% da eletricidade do país. Aviões de carga russos transportando barcos, geradores e comida juntaram-se às equipes de resgate de toda a Europa e a milhares de voluntários locais para a evacuação de pessoas, após o rio Sava transbordar.

A EPS, concessionária de energia da Sérvia, disse que uma nova onda de inundação também ameaça a maior usina da Sérvia, a Nikola Tesla, em Obrenovac. Os alagamentos já cortaram a geração de energia do país em 40%. “A água está chegando cada vez mais perto, mas por agora as barreiras de defesa de sacos de areia estão segurando”, disse Dragan Jovanovic, gerente-geral de Kostolac, à agência de notícias Tanjug.

(Com Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade