Clique e assine a partir de 9,90/mês

Emir do Kuwait aceita renúncia do governo

Por Da Redação - 1 Jul 2012, 08h32

Cairo, 1 jul (EFE).- O emir do Kuwait, xeque Sabah Al-Ahmad Al-Jaber Al-Sabah, aceitou neste domingo a renúncia do governo e pediu aos ministros interino que continuem no cargo dos assuntos urgentes até a formação de um novo Executivo.

Segundo a agência oficial de notícias ‘Kuna’, o emir emitiu um decreto em que aceita a renúncia do governo de acordo com a Constituição do Kuwait.

O Executivo kuwaitiano, liderado pelo primeiro-ministro, xeque Jaber Al-Mubarak Al-Hamad Al-Sabah, apresentou sua renúncia ao emir no dia 25 de junho para pôr fim à crise política que atinge o país.

A decisão do gabinete ocorreu após o Tribunal Constitucional invalidar as últimas eleições legislativas – realizadas no dia 2 de fevereiro passado, por considerar ilegal a dissolução do Parlamento antes do pleito – e restaurar o Legislativo.

Continua após a publicidade

A sentença do tribunal determina a recuperação do poder da câmara dissolvida no dia 6 de dezembro e estabelece que as normas aprovadas na Assembleia Parlamentar eleita das urnas em fevereiro passado serão válidas até sua anulação por outra ordem judicial. EFE

Publicidade