Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Embaixador russo na Turquia é baleado e morto em Ancara

Outras pessoas ficaram feridas no ataque dentro de uma galeria de arte. O terrorista foi morto pelas forças de segurança presentes no local

O embaixador da Rússia em Ancara foi morto a tiros em um ataque realizado dentro de uma galeria de arte na capital turca nesta segunda-feira, informou o Ministério das Relações Exteriores da Rússia. “Hoje em Ancara, como resultado de um ataque, o embaixador da Federação Russa na Turquia, Andrei Gennadyevich Karlov, sofreu um ferimento do qual veio a falecer”, disse a repórteres a porta-voz do ministério Maria Zakharova. “Nós consideramos o ataque como um ato terrorista”, acrescentou.

A agência de notícias turca Anadolu disse que o atirador foi “neutralizado” pouco depois do ataque, que parece apontar para um dos maiores desdobramentos do conflito sírio na Turquia. As relações entre Moscou e Ancara estão abaladas há tempos por causa da guerra na Síria, em que turcos e russos apoiam lados opostos. O Ministério das Relações Exteriores russo confirmou que o ataque foi realizado enquanto o embaixador, de 62 anos, fazia um discurso na abertura de uma exibição de fotos. O jornal Hürriyet informou que forças especiais cercaram o edifício, e a rede NTV noticia que três outras pessoas ficaram feridas.

Uma testemunha afirmou que os barulhos de tiros duraram algum tempo depois do atentado. Um repórter do Hürriyet disse que o agressor entoava slogans islâmicos. O agressor entrou no prédio alegando ser policial. “Não se esqueçam de Alepo, não se esqueçam da Síria! A menos que nós estejamos todos seguros, vocês também não sentirão segurança. Voltem, voltem! Todos aqueles que compactuarem com essa opressão e tortura pagarão por isso”, exclamou o homem após atirar várias vezes.

“Só a morte me levará daqui”, concluiu o homem em turco, após gritar várias vezes “Allahu akbar” (Deus é grande, em árabe), assim como outras frases em árabe, antes de ser abatido.

Veja também

Tensões recentes —Rússia e Turquia estão envolvidas no conflito da Síria de lados opostos. Ancara se opõe firmemente ao ditador sírio, Bashar Assad, enquanto o Kremlin vem mobilizando tropas e a Força Aérea em apoio ao regime. As tensões se acentuaram nas últimas semanas, quando forças sírias auxiliadas por Moscou se empenharam em assumir o controle da parte leste da cidade de Alepo, desencadeando uma grande leva de refugiados.

Não ficou claro de imediato quem realizou o ataque. Extremistas do Estado Islâmico têm se mantido ativos na Turquia e empreenderam vários ataques a bomba contra alvos turcos. Na semana passada, um acordo entre Rússia e Turquia permitiu a retirada de civis e rebeldes da cidade síria de Alepo.

Vídeo: Embaixador russo é baleado e morto (imagens fortes)

 

Suspeito de atirar no embaixador russo, Andrei Karlov, em Ancara, na Turquia - 19/12/2016 O embaixador russo, Andrei Karlov, foi assassinado em Ancara, na Turquia, durante discurso em uma galeria de arte

O embaixador russo, Andrei Karlov, foi assassinado em Ancara, na Turquia, durante discurso em uma galeria de arte (Burhan Ozbilici/AP)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Carlos Marques

    Olhando de camarote um pais ser destruido…Chorando lagrimas de crocodilo… pobre povo sirio…

    Curtir

  2. Carlos Marques

    Que a Europa se prepare..Hoje é Aleppo, amanhã podem ser vocês…A Historia ensina…para quen estiver disposto a aprender…

    Curtir

  3. Carlos Marques

    Pergunten aos lituanis, letões, finlandeses e poloneses se eles estão ou nao cabreirissimos com a ousadia de Putin…

    Curtir

  4. Carlos Marques

    Chamberlain ontem, Obama hoje. Dois paspalhos iludidos…

    Curtir

  5. Carlos Marques

    Quem foi Chamberlain? O tolo Primeiro Ministro ingles que acreditou nas promessas de Hitler, que, nas costas dele, ria às gargalhadas (” Aquele idiota de guarda-chuva na mão…”).

    Curtir

  6. Ataíde Jorge de Oliveira

    L’HéROs!
    TRES_BieN
    A
    C A R A C T E R E

    Curtir

  7. Heitor Vianna

    Os russos estão devagar na Siria. Tinham d entrar com tropas e todo maquinario belico que possuem, atropelando todo mundo.

    Curtir

  8. Antonio freitas

    humm, não saiu meu comentário….

    Curtir

  9. Fábio Luís Inaimo

    PuTrin …….o novo Hitler !!

    Curtir

  10. Fábio Luís Inaimo

    Ilusão é achar que TrumPT vai deter PuTrin, PuTrin o colocou lá precisamente para “não fazer isso” !!

    Curtir