Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Embaixador da França volta a Damasco

O embaixador da França na Síria, Eric Chevallier, voltou a Damasco, após ter sido chamado para consultas por Paris em meados de novembro, indicou nesta terça-feira a chancelaria francesa, pouco depois de os Estados Unidos terem anunciado a volta de seu embaixador à capital síria.

“Eric Chevallier regressou ao seu posto em Damasco na segunda-feira, após o fim das consultas para as quais foi chamado” em Paris, declarou à AFP o porta-voz adjunto do Ministério das Relações Exteriores francês, Romain Nadal.

“O regresso de nosso embaixador a Damasco não quer dizer que não existam mais temas de preocupação (…), mas seu trabalho na Síria é importante”, afirmou Nadal.

“A França está mais do que nunca junto ao povo sírio”, assegurou.

A França chamou Chevallier para consultas em Paris quatro dias depois de atos de violência cometidos contra interesses franceses na Síria. Os gabinetes consulares franceses em Aleppo e Latakia foram alvos de ataques, anunciou a Chancelaria francesa.

Já o embaixador dos Estados Unidos na Síria, Robert Ford, voltará a Damasco na noite desta terça-feira, indicou uma autoridade americana.

Ford deixou o país às pressas no fim de outubro devido a “ameaças confiáveis a sua segurança pessoal”.

Vários países árabes e europeus convocaram a partir de então seus embaixadores para consultas.

O embaixador Ford enfureceu o regime do presidente Bashar al-Assad ao criticá-lo publicamente e ao se deslocar duas vezes pelo país para analisar por si mesmo as manifestações.