Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em último ato como chefe de Estado, Juan Carlos assina sua abdicação

Rei assinou lei que formaliza transferência do trono para o príncipe Felipe

Antes do jogo decisivo da Espanha na Copa do Mundo, o país ficou sem rei. Juan Carlos assinou nesta quarta-feira a lei que formaliza sua abdicação, numa cerimônia no Salão de Colunas do Palácio Real de Madri. Este foi o seu último ato oficial como chefe de Estado depois de 39 anos de reinado.

Leia também:

Leia também: Letizia Ortiz, de jornalista a futura rainha da Espanha

A lei orgânica criada para que a transferência do trono pudesse ser efetivada foi lida no evento. Em quase quatro décadas de monarquia parlamentar, o país não havia regulamentado o processo de sucessão. O documento, aprovado ontem pelo Senado, foi referendado pelo primeiro-ministro Mariano Rajoy.

A lei orgânica entra em vigor à meia-noite, pelo horário local, mas a cerimônia que marcará a transição da coroa para o príncipe Felipe será realizada pela manhã, na Câmara dos Deputados, em um ato que deverá ter mais a forma de uma proclamação do que de uma coroação, em parte devido aos problemas econômicos enfrentados pelo país nos últimos anos.

Leia ainda: Ricardo Setti: A verdadeira causa da abdicação