Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em Memorial Day, Barack Obama cita o fim das guerras

'Pela 1ª vez em 9 anos, os americanos não estão morrendo no Iraque. Estamos encerrando a guerra no Afeganistão, e soldados estão voltando para casa', diz

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, citou nesta segunda-feira o fim das guerras no Iraque e Afeganistão, em seu discurso por ocasião do Memorial Day, dia em que se lembra os mortos em combate. O último soldado americano deixou o Iraque em dezembro, e o presidente americano pretende retirar as tropas do Afeganistão até o fim de 2014, após fechar com Hamid Karzai um acordo para acabar com a presença de militares em solo afegão.

“Pela primeira vez em nove anos, americanos não estão combatendo e morrendo no Iraque. Estamos encerrando a guerra no Afeganistão, e nossos soldados continuarão voltando para casa”, disse Obama no cemitério nacional de Arlington (Virgínia). “Após uma década sob as nuvens negras da guerra, podemos ver a luz de um novo dia no horizonte”, completou. O presidente depositou flores em túmulos do santuário ao sul de Washington, onde foram enterrados centenas de milhares de militares.

Homenagem – Obama lembrou nesta segunda os 4.500 soldados americanos mortos no Iraque entre março de 2003 e dezembro de 2011. “Especialmente para aqueles que perderam um ente querido, esse capítulo ficará aberto até muito tempo depois de as armas terem silenciado. Hoje, com a Guerra do Iraque enfim concluída, devemos homenagear os sacrifícios que foram feitos durante o conflito”, disse.

O presidente americano não citou o fato de sempre ter sido contrário à Guerra no Iraque, iniciada por seu antecessor, George W. Bush. Mas disse que enviar soldados para combate seria “a decisão mais difícil” que poderia tomar. “Posso prometer que jamais o farei se não for absolutamente necessário.”

Republicanos – O pré-candidato republicano à presidência, Mitt Romney, divulgou uma mensagem em San Diego, onde passou o Memorial Day com o ex-candidato à presidência e veterano da Guerra do Vietnã John McCain. “Muitos jovens americanos estão arriscando a vida em campos de batalha distantes. O Memorial Day é um dia para agradecermos a eles e lembrarmos os soldados americanos que deram a vida para defender nosso país”, diz o texto.

(Com agência France-Presse)