Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Em evento com Kim Jong-un, exército faz demonstração de combate violenta

Soldado sem camisa quebrou garrafas de vidro com as mãos, deitou sobre os cacos e depois coloca um bloco de cimento no peito, que é quebrado a marretadas

Por Da Redação Atualizado em 13 out 2021, 18h17 - Publicado em 13 out 2021, 17h42

As cenas da exibição de defesa do exército da Coreia do Norte foram chocantes, mas não para a plateia que estava no local, incluindo o líder do país, Kim Jong-un, que sorriu e aplaudiu os combatentes. A apresentação marcou o 76º aniversário do Partido dos Trabalhadores da Coreia do Norte.

A mídia estatal norte-coreana divulgou as imagens de soldados – de uniforme e sem camisa– em uma demonstração para exibir a força das tropas do país, bem como as armas que Pyongyang desenvolveu para lançar ataques nucleares.

No show, os homens deitaram em cacos de vidro, levaram marretadas na mão e quebraram pedaços de concreto com a cabeça. 

Continua após a publicidade

 

Kim Jong-un assistiu a apresentação junto de policiais, da irmã e de seu assessor, todos maravilhados com as façanhas mostradas. Em discurso, o líder afirmou que as inovações eram para combater possíveis “hostilidades” dos Estados Unidos, e não com a Coreia do Sul. Disse também que está construindo um exército “invencível”. 

Nas últimas semanas, a Coreia do Norte coordenou diversos testes de mísseis que mostram progresso em seu programa de armas convencionais e nucleares. A Coreia do Sul também exibiu uma nova tecnologia militar própria.

“Os EUA frequentemente sinalizam que não são hostis ao nosso estado, mas não há evidências baseadas em ações para nos fazer acreditar que eles não são hostis”, falou Kim na segunda-feira, de acordo com a Agência de Notícias Central Coreana oficial. “Os EUA continuam a criar tensões na região com seus julgamentos e ações erradas”, acrescentou.

A Coreia do Norte usa frequentemente seu exército como uma demonstração de força, mas foi a primeira vez desde que Kim tomou o poder que ocorreu um evento deste tipo. 

“Esses soldados, abraçados e criados por nosso partido, demonstraram ao mundo todo a força, bravura e moral do Exército do Povo Coreano”, disse o locutor Ri Chun Hee – o apresentador mais famoso da Coreia do Norte – sobre as imagens.

Continua após a publicidade
Publicidade