Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Em derrota para Biden, republicano é eleito governador da Virgínia

Eleições estaduais são termômetro do apoio ás políticas do presidente, que sofre com impasses em seu próprio partido e retirada desastrosa do Afeganistão

Por Julia Braun 3 nov 2021, 09h22

O republicano Glenn Youngkin foi eleito governador da Virgínia, segundo projeções feitas pela imprensa americana nesta quarta-feira, 3. O resultado é considerado uma derrota para Joe Biden, que venceu com 10 pontos de vantagem no estado nas eleições presidenciais de 2020 e agora luta para manter a popularidade diante de impasses internos em seu governo.

Com 99% das urnas apuradas, Youngkin tem 2 pontos percentuais de vantagem em relação ao  democrata Terry McAuliffe. Em discurso na manhã desta quarta, o próximo governador disse que a sua vitória é “um momento decisivo”.

Youngkin é um ex-executivo que nunca ocupou cargos públicos. Ele baseou sua campanha em críticas à velha política e em questões controversas, como a obrigatoriedade do uso de máscaras contra a pandemia.

Terry McAuliffe é ex-governador da Virgínia (2014-2018) e recebeu apoio sólido do Partido Democrata durante a campanha. A lei estadual não permite que um candidato concorra a dois mandatos consecutivos, por isso o atual governador democrata Ralph Northam não disputou a votação.

Embora a Virgínia tenha votado esmagadoramente em Biden nas eleições do ano passado, a popularidade do presidente caiu nas pesquisas desde a retirada caótica do Afeganistão. O democrata também enfrenta divergências dentro do seu próprio partido para a aprovação de um pacote trilionário dedicado a questões sociais que já se tornou uma das principais agendas de seu governo

Ainda que o presidente negue, estas eleições são um termômetro do apoio a suas políticas. O resultado do pleito na Virgínia indica que Biden pode ter problemas para alcançar maioria nas eleições legislativas do ano que vem e manter o controle da Câmara dos Deputados e do Senado.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)