Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Eleitores defendem aborto e proíbem casamento gay

Por Da Redação
5 nov 2008, 16h39

Com Agência Reuters

No mesmo dia em que elegeram Barack Obama o novo presidente dos Estados Unidos, os americanos votaram também em plebiscitos estaduais por todo o país. Os eleitores da Califórnia decidiram por 93,6% dos votos que o casamento gay � legalizado no estado há cerca de quatro meses � deve ser proibido. Já o eleitorado da Dakota do Sul rejeitou as propostas que limitavam o direito ao aborto.

Os resultados dos mais de 150 referendos estaduais foram divulgados nesta quarta-feira. No Arizona, a legislação que previa a instituição do casamento gay foi rejeitada pelos eleitores. No estado de Michigan, o uso da maconha como medicamento foi autorizado. Em Washington, o eleitorado autorizou o suicídio assistido por médicos em casos de doenças terminais.

O direito ao aborto foi defendido no estado do Colorado, que rejeitou uma medida para tornar a prática judicialmente equivalente ao homicídio. Na Dakota do Sul, os eleitores também votaram contra uma lei que proibia o aborto.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.