Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

EI pune com chicotadas pessoas que têm antena parabólica na Síria

Os líderes jihadistas indicam que os cidadãos se informem apenas pela imprensa oficial islâmica

Por Da redação 30 jul 2016, 14h56

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) está punindo com 50 chicotadas e o pagamento de uma multa de 10.000 libras sírias (cerca de 150 reais) os cidadãos que tenham antenas parabólicas em suas casas, na província de Deir ez Zor, no nordeste da Síria.

Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos, várias pessoas da região já foram punidas pelos líderes jihadistas, que também confiscam os equipamentos dos moradores. Como alternativa, os radicais determinam que os cidadãos “se informem por meio de veículos de imprensa islâmicos” fornecidos pelo próprio grupo extremista.

Leia também:
Maternidade é bombardeada no norte da Síria
Líder da Frente Nusra anuncia ruptura com a Al Qaeda
Atentado do Estado Islâmico deixa dezenas de mortos na Síria

No início de junho, o EI intensificou a campanha para proibir o uso de parabólicas nos territórios sob seu controle na Síria e no Iraque, por considerar que os canais de televisão “semeiam rumores e afastam os muçulmanos de sua religião”.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade