Clique e assine a partir de 9,90/mês

Egito julga 44 pessoas por financiamento ilegal de ONGs internacionais

Por Stan Honda - 5 fev 2012, 11h36

Quarenta e quatro pessoas, entre elas 19 americanos e outros estrangeiros, serão julgadas por acusações de financiamento ilegal de organizações não-governamentais que atuam no Egito, indicou neste domingo uma fonte judicial egípcia.

“Quarenta e quatro pessoas, entre elas egípcios, 19 americanos e cidadãos de outras nações, foram levadas à Corte Criminal do Cairo em um caso do financiamento de ONGs”, declarou esta fonte à AFP.

Nenhuma dessas pessoas foi colocada em detenção à espera de julgamento, cuja data não foi informada, acrescentou esta fonte.

Esta ação na justiça ocorre após buscas em 17 escritórios de ONGs egípcias e internacionais de defesa dos direitos humanos no dia 29 de dezembro.

Entre as organizações estão as americanas National Democratic Institute (NDI), International Republican Institute (IRI) e Freedom House, além de uma alemã, a fundação Konrad Adenauer.

Este caso deixou tensas as relações entre Washington e o poder militar egípcio que sucedeu o presidente Hosni Mubarak depois da queda deste em 11 de fevereiro de 2011.

Continua após a publicidade
Publicidade