Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Egito inicia registro de candidatos para eleições presidenciais

Cairo, 10 mar (EFE).- O Egito abriu neste sábado o processo de inscrição de candidatos para as eleições presidenciais no país, previstas para os dias 23 e 24 de maio, o que representa o início da contagem regressiva para o primeiro pleito à chefia de Estado após o triunfo da revolução.

Segundo a imprensa estatal egípcia, o processo de inscrição começou nesta manhã às 9h locais (4h de Brasília) e será encerrado no dia 8 de abril, às 14h locais (9h de Brasília).

O primeiro a retirar o formulário para se inscrever foi o ex-primeiro-ministro Ahmed Shafiq. Ele declarou à televisão egípcia que os membros de sua campanha já começaram a colher assinaturas de apoio de seus simpatizantes.

Shafiq foi designado como primeiro-ministro pelo ex-presidente Hosni Mubarak durante os dias mais críticos da Revolução de 25 de Janeiro e renunciou ao cargo em 3 de março de 2011.

O ex-chefe de governo, que agora pretende concorrer à chefia de Estado, não descartou a possibilidade de reunir o apoio de 30 deputados e senadores.

Até o momento, diversas personalidades egípcias anunciaram que concorrerão como candidatos, mas por enquanto não se vislumbra nenhum nome indiscutível.

Entre eles, figuram o ex-ministro das Relações Exteriores e ex-secretário-geral da Liga Árabe, Amre Moussa; o ex-dirigente da Irmandade Muçulmana Abdel Moneim Abul Futuh; e as personalidades islamitas Hazem Abu Ismail e Mohammed Salim al-Aua.

Na quinta-feira passada, o presidente do Conselho Consultivo egípcio – órgão assessor criado pela Junta Militar -, Mansur Hassan, anunciou que também concorreria às eleições presidenciais.

A Irmandade Muçulmana, grupo majoritário no Parlamento, ainda não revelou quem apoiará.

No dia 29 de fevereiro passado, o presidente da Comissão Suprema de Eleições Presidenciais, Farouk Sultan, disse que o pleito presidencial seria realizado nos dias 23 e 24 de maio e, caso necessário, o segundo turno ocorreria nos dias 16 e 17 de junho.

Os resultados do primeiro turno serão conhecidos no dia 29 de maio, enquanto, se nenhum candidato conseguir mais da metade dos votos, os dois mais votados passarão ao segundo turno. Por fim, o nome do novo chefe de Estado será anunciado no dia 21 de junho.

O Conselho Supremo das Forças Armadas – que exerce o poder de forma interina desde a queda de Mubarak, em 11 de fevereiro de 2011 – já afirmou várias vezes que transferirá o comando do país a uma autoridade civil no dia 30 de junho.

A campanha eleitoral para essas eleições vai durar três semanas e começará no dia 30 de abril. EFE