Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Duas explosões matam 21 e deixam 100 feridos

O grupo rebelde sunita Jundollah assumiu a autoria do ataque

Por Da Redação - 15 jul 2010, 20h41

Pelo menos 21 pessoas morreram e 100 ficaram feridas em duas explosões em Zahedan, nesta quinta-feira. A cidade é capital da província de Sistan-Baluchestan, sudeste do Irã. A localidade estava recebendo um encontro de membros da Guarda Revolucionária iraniana. A região, fronteira com o Paquistão, tem sido alvo do grupo rebelde sunita que assumiu a autoria do ataque, o Jundollah.

Os terroristas disseram que os atentados foram uma resposta à execução do líder do bando, Abdolmalek Rigi, em junho.

As explosões aconteceram em frente à Grande Mesquita durante uma celebração religiosa. Segundo o vice-ministro do Interior, Ali Abdollahi, soldados da elite da Guarda Revolucionária estão entre os mortos e feridos. “A primeira explosão aconteceu atrás de um posto de controle da corporação”, informou.

(Com Reuters)

Publicidade