Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Doadores prometerão US$ 16 bi para Afeganistão até 2015 em conferência

Tóquio, 7 jul (EFE).- Os países doadores se comprometerão previsivelmente a doar mais de US$ 16 bilhões em ajuda para o desenvolvimento do Afeganistão até 2015 na conferência que será realizada neste domingo em Tóquio, afirmou neste sábado o ministro de Exteriores japonês, Koichiro Gemba.

Gemba antecipou que apenas o Japão, segundo doador ao país do centro asiático, atrás dos Estados Unidos, prometerá US$ 2,2 bilhões, além de outros US$ 800 milhões para a manutenção da segurança até 2016.

A isso será somado US$ 1 bilhão de ajuda japonesa aos países próximos ao Afeganistão para melhorias em infraestruturas a fim de facilitar os intercâmbios econômicos na região, afirmou o chefe da diplomacia japonesa à imprensa antes de uma recepção prévia ao encontro deste domingo.

O Governo de Cabul havia dito que buscaria em Tóquio assistência civil no valor de cerca de US$ 4 bilhões anuais para além de 2014, a data prevista para a retirada completa das forças estrangeiras no Afeganistão.

Segundo o Banco Mundial, só para manter o desenvolvimento conseguido nos últimos dez anos, o Afeganistão precisa de pelo menos US$ 3,3 bilhões por ano. No entanto, se quiser alcançar os Objetivos do Milênio para 2024, precisará de US$ 3,9 bilhões anuais.

Estarão presentes na conferência ministros e representantes de aproximadamente 80 países e organismos internacionais, entre eles o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, que chegará a Tóquio procedente de Cabul, onde realiza neste sábado uma inesperada visita.

A reunião da capital japonesa acontecerá dois meses depois da cúpula da Otan em Chicago, onde o organismo se comprometeu a destinar cerca de US$ 4 bilhões anuais ao Afeganistão pelo menos até 2017 para manter a segurança após a retirada das forças estrangeiras. EFE