Clique e assine com 88% de desconto

Ditadura aumenta policiamento para evitar manifestações em Havana

Jovens que estavam nas praças foram ordenados a ir para casa sem qualquer explicação. Dissidentes temem prisões

Por Duda Teixeira - Atualizado em 26 nov 2016, 10h34 - Publicado em 26 nov 2016, 10h17

O governo cubano enviou viaturas e policiais para as ruas de Havana perto da meia-noite de sexta-feira 25. O temor é o de que ocorra alguma manifestação em relação à morte do ditador Fidel Castro.

Jovens que estavam nas praças foram mandados para a casa sem qualquer explicação. “Vocês não podem ficar aí”, falaram os policiais.

 

Leia também

Publicidade

Cubanos em Miami comemoram a morte de Fidel Castro

10 fatos sobre a vida do ex-ditador cubano

 

Entre os defensores dos direitos humanos na ilha cresce a certeza de que o governo escalará as prisões dos dissidentes, uma medida frequente para tentar conter qualquer manifestação popular.

Publicidade