Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

‘Dia mais feliz’ para famílias de americanos libertados

Por - 21 set 2011, 18h27

Este é “o dia mais feliz de nossas vidas”, comemoraram as famílias de dois turistas americanos que foram libertados nesta quarta-feira, no Irã, depois de terem passado dois anos na prisão, acusados de espionagem.

“É o dia mais feliz de nossas vidas. Esperamos este momento por quase 26 meses, e a alegria e alívio que sentimos (…) não têm limites”, declararam as famílias de Shane Bauer, 29 anos, e Josh Fattal, da mesma idade, em comunicado, no qual agradeceram ao sultão de Omã e ao embaixador da Suíça no Irã por terem contribuído para a libertação.

O pai de Shane Bauer, sua mãe e suas duas irmãs viajaram a Omã para recebê-lo, e o pai, a mãe e o irmão de Josh Fattal fizeram o mesmo.

Os dois americanos, detidos há mais de dois anos no Irã por espionagem, foram libertados sob fiança da prisão de Evine, no norte de Teerã, e saíram imediatamente do Irã para se dirigir a Omã.

Em julho de 2009, foram presos na fronteira entre Irã e Iraque, a qual atravessaram por engano durante uma caminhada nas montanhas do Curdistão.

Continua após a publicidade
Publicidade