Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Detidos por ataque a cassino no México confessam crime

Massacre em Monterrey provocou 52 mortes na última quinta-feira

Por Da Redação 29 ago 2011, 15h04

Os cinco homens detidos pelo ataque ao cassino Royale da cidade de Monterrey (no norte do México), que deixou 52 mortos na última quinta-feira, confessaram a participação no crime e também admitiram pertencer ao cartel de Los Zetas, informou nesta segunda-feira Rodrigo Medina, governador do Estado de Nuevo León. Trinta e nove dos 52 mortos foram identificados, informou a procuradoria estatal na sexta-feira.

No domingo, um adolescente ligado ao ataque foi detido pela polícia dirigindo um carro roubado em Escobedo, cidade vizinha a Monterrey. O rapaz então forneceu dados que permitiram a detenção dos outros quatro cúmplices.

Reforço – Na sexta-feira, O presidente Felipe Calderón mandou reforçar a segurança em Monterrey e no restante do estado de Nuevo León, atingidos por uma violenta disputa entre cartéis de traficantes. No sábado, o exército mexicano iniciou o envio de 3.000 militares e policiais federais a Monterrey. É a terceira vez que o governo mexicano aumenta a segurança no estado próximo à fronteira com os Estados Unidos diante da escalada dos conflitos entre o cartel do Golfo e seu antigo braço armado, Los Zetas.

Calderón classificou de terroristas os autores do ataque, e a procuradoria mexicana, por sua vez, ofereceu uma recompensa de 2,4 milhões de dólares por informações que levassem aos autores do crime.

Depoimento – Segundo um sobrevivente do ataque ao Royale, um grupo entrou no cassino, jogou gasolina e ateou fogo ao local. A imprensa mexicana informou que vários cassinos de Monterrey têm sido atacados – o último em maio passado – porque seus donos têm negado pagamentos aos traficantes. A guerra ao narcotráfico já provocou mais de 41.000 mortes no México desde dezembro de 2006.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)