Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Deslizamento de terra atinge duas aldeias em Uganda e mata 18 pessoas

Campala, 25 jun (EFE).- Pelo menos 18 pessoas morreram em Uganda por causa de um deslizamento de terra e escombros, que soterrou duas aldeias no distrito de Bududa, embora haja a expectativa de que mais corpos podem ser localizados, de acordo com a Cruz Vermelha do país africano.

A porta-voz da organização, Catherine Ntabadde informou à Agência Efe, que os corpos das vítimas fatais já foram retirados do local. ‘Não podemos, por enquanto, calcular o número de pessoas que podem estar soterradas. Nossas equipes estão no local para fazer uma rápida avaliação’, explicou.

Dois dias de chuvas torrenciais provocaram o deslizamento, nas proximidades do monte Elgon. As aldeias que ficaram debaixo de grande quantidade de lama e escombros são Namanga e Bunakasala. A região também é afetada por inundações.

As autoridades estimam que 90 casas possam ter sido atingidas, por isso, esperam um grande aumento do número de vítimas.

Em 2010, um deslizamento similar aconteceu na mesma região, provocando a morte de 350 pessoas, na cidade de Nametsi, que foi soterrada quase completamente. Cerca de 5 mil pessoas foram realojadas para diversas partes do país, por conta da tragédia.

Nos últimos anos, as autoridades ugandenses tentam convencer aos moradores de áreas de risco para que abandonassem seus lares, mas frequentemente têm encontrado grande resistência. EFE