Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Desarticulada na Nicarágua rede de narcotráfico

Por Da Redação - 27 maio 2012, 23h28

Manágua, 27 mai (EFE).- As autoridades nicaraguenses desarticularam neste domingo uma rede do narcotráfico internacional liderada pelo costarriquenho Alejandro Jimenez, conhecido como ‘El Palidejo’, principal suspeito de ser o autor intelectual do ataque no qual morreu o trovador argentino Facundo Cabral, informou a Polícia Nacional.

A chefe da Direção de Auxílio Judicial (DEZ), Glenda Zavala, detalhou em entrevista coletiva que foram detidos 11 suspeitos de integrar esse grupo, entre eles Karla Farina, irmã de Henry Farina, o promotor de espetáculos e suposto alvo do ataque no qual morreu o artista argentino em julho do ano passado na Guatemala.

Os detidos serão enviados ao Ministério Público para que sejam acusados pelos delitos de tráfico de drogas, lavagem de dinheiro, falsificação de documentos e crime organizado. EFE

Publicidade