Clique e assine a partir de 9,90/mês

Derrotado, partido de Marine Le Pen discute até mudar de nome

Cúpula da Frente Nacional debate causas do fracasso nas últimas eleições francesas

Por Da redação - 21 jul 2017, 16h42

O partido da direita nacionalista francesa, a Frente Nacional (FN), comandado por Marine Le Pen, realiza uma convenção nesta sexta-feira, 21, que pode levar a uma mudança de nome da legenda e a repensar a demanda do partido para tirar a França da zona do euro.

A cúpula do partido populista e anti-imigração está lambendo as feridas e tenta permanecer relevante depois que Le Pen perdeu o segundo turno das eleições presidenciais francesas para o centrista Emmanuel Macron. Nas eleições legislativas, a FN conseguir eleger apenas oito deputados.

 

Nos últimos anos, Marine buscou afastar o partido fundado por seu pai, Jean Marie, de suas origens e torná-lo mais palatável ao grande público. Alterar o nome da sigla está entre os itens sensíveis na agenda, em uma reunião fechada à imprensa, que começa nesta sexta-feira e termina no sábado. Uma decisão final seria colocada aos membros do partido mais tarde.

Continua após a publicidade

Na reunião, também deve ser discutida a posição em torno da moeda comum europeia. Até agora, o Le Pen vem defendendo a saída da União Europeia, mas ideia pode ser abandonada. Nos próximos meses, as bases do partido também serão chamados para consulta.

(Com agências internacionais)

Publicidade