Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Deputado republicano anuncia que votará em Hillary Clinton

Richard Hanna se tornou o primeiro congressista americano a declarar seu apoio à democrata nessa eleição

O deputado republicano Richard Hanna anunciou nessa terça-feira sua intenção de votar em Hillary Clinton nas eleições presidenciais de novembro e se tornou o primeiro congressista do Partido Republicano a declarar seu apoio à democrata neste pleito. Representante pelo Estado de Nova York, ele renuncia, portanto, a votar no candidato de seu partido, Donald Trump, que “não é o homem capaz de servir a seu partido nem de dirigir este país”.

Hanna, de 65 anos, disse que não pode suportar as recentes críticas de Trump a Khizr Khan, pai de um militar americano muçulmano morto em combate. “Vi isso e fiquei muito aborrecido. Fiquei pasmo com a falta de sensibilidade de seus comentários”, afirmou entrevista ao site Syracuse.com. “Acho que Trump é uma vergonha nacional. Vocês querem realmente que esta pessoa tenha os códigos nucleares?”, questionou.

LEIA TAMBÉM:
Obama pede para republicanos reverem apoio a Trump
“Hillary é o demônio”, diz Trump
McCain critica comentários de Trump sobre soldado muçulmano

O deputado afirmou não apoiar todas as propostas de Clinton, mas citou as políticas para a educação e saúde feminina como tópicos em que os dois concordam. “Eu confio que ela pode liderar”, afirmou. Hanna vai se aposentar no final deste ano, o que torna seu ato mais simbólico do que político.

Várias personalidades e senadores do Partido Republicano também se negaram a apoiar Donald Trump durante a Convenção Republicana. Em junho, Richard Armitage, vice-secretário de Estado durante o governo de George W. Bush, afirmou que votaria em Clinton se o magnata nova-iorquino fosse escolhido como o candidato oficial para as eleições de novembro.

(Com AFP)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Lucia Cerqueira

    DEUS SALVE O MUNDO SE TRUMP GANHAR…NASCERA UM NOVO DITADOR….

    Curtir

  2. Está claro que se Trump ganhar será um Hitler na América… só falta isso para começar a terceira guerra mundial

    Curtir

  3. Se Hillary Clinton ganhar, será como se a Dilma tivesse acesso aos códigos nucleares, à chave do Banco Central e pautasse todas as matérias da imprensa. A Fundação Clinton recebe doações em milhões de dólares de empresas que foram favorecidas durante o mandato de Bill como presidente e do tempo em que Hillary era secretária de Estado. Trump é apenas um empresário que se faz de desbocado para chamar a atenção. Quem acha que uma vitória dele criaria uma ditadura nos EUA deveria ir se informar sobre como funcionam as instituições por lá.

    Curtir

  4. Rodrigo Gonçales

    Se Trump é um palhaço o lugar dele é no Circo ou na TV e não na Casa Branca. Não tem a menor condição de governar os EUA. Hillary é uma mulher digna, bem diferente da Dilma.

    Curtir