Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Deputado processa colegas a quem agrediu durante debate

O neonazista Ilias Kasidiaris apresentou ação por insulto contra as duas vítimas

Por Da Redação 11 jun 2012, 11h34

O deputado grego neonazista Ilias Kasidiaris abriu um processo nesta segunda-feira contra as duas deputadas de esquerda que ele agrediu na semana passada durante um debate na televisão. Eleito pelo partido Aurora Dourada em 6 de maio e novamente candidato às legislativas de 17 de junho, o deputado neonazista acusou as vítimas de insulto. Na quinta-feira, durante um debate ao vivo na TV, Kasidiaris jogou um copo de água na deputada Rena Dourou, do partido de esquerda Syriza. Insatisfeito, deu três tapas no rosto da deputada Liana Kanelli, de 58 anos, do Partido Comunista.

Levado ao Palácio de Justiça por seguranças, também apresentou uma ação por “detenção ilegal” contra o canal de televisão, porque os funcionários da emissora tentaram segurá-lo após o incidente. Ele acusa também um jornalista presente no momento do debate de “incitação de abuso de poder” por ter telefonado a uma promotora para pedir a sua perseguição.

A promotora, que acusou Kasidiaris de “tentativa de grave dano corporal”, havia solicitado sua detenção por delito flagrante, mas o prazo de 48 horas fixado para este procedimento expirou sem que a polícia o encontrasse. O tribunal de Atenas que deveria julgá-lo nesta segunda-feira por cumplicidade de roubo a mão armada de um estudante em 2007 adiou mais uma vez o processo.

Assista, no vídeo abaixo, à agressão do deputado durante o debate:

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade