Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Deputado escocês se desculpa por vídeo que compara premier a Hitler

Londres, 16 jan (EFE).- O deputado trabalhista escocês Tom Harris se desculpou nesta segunda-feira por ter feito uma paródia em vídeo no qual mostrou o primeiro-ministro do país, Alex Salmond, como Adolf Hitler.

Além disso, Harris renunciou ao seu posto como assessor multimídia do Partido Trabalhista da Escócia. O vídeo, chamado ‘Joan’s downfall’, é uma paródia do filme alemão de 2004 ‘A queda: as últimas horas de Hitler’, que narra a derrocada do líder nazista.

Na montagem, o deputado ironiza os comentários da deputada nacionalista Joan McAlpine, que disse que os trabalhistas e liberais-democratas são anti-escoceses.

Harris disse que o vídeo postado no Youtube foi usado apenas como motivo de sátira, mas entendia que o contexto não era adequado.

A tensão política aumentou na Escócia nos últimos dias entre os partidos pró-britânicos e os independentistas em função da futura realização de um plebiscito sobre a independência da Escócia.

Salmond, líder do Partido Nacionalista Escocês acusou o Governo de Londres, liderado pelo conservador David Cameron, de interferir na política da região ao tentar forçar uma data para o referendo.

De acordo com Cameron, o Parlamento escocês não tem competência para realizar um plebiscito vinculativo. Um porta-voz de Salmon disse nesta segunda-feira que a Escócia pode realizar a votação e que deseja fazer isso na data planejada por ele, em 2014. EFE