Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Depois do bloqueio ao Twitter, o alvo da Turquia pode ser o Youtube

Governo pediu a retirada de vídeos sobre corrupção, mas não foram atendidos

Por Da Redação
22 mar 2014, 19h56

A proibição ao Twitter não foi suficiente para o primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan, da Turquia, que agora ameaça vetar o uso do Youtube, que se recusa a tirar do ar vídeos sobre corrupção no governo. “Nós sentimos que o risco é iminente”, disse um funcionário do YouTube, que é propriedade do Google, ao The Wall Street Journal.

Implementado na quinta-feira, o bloqueio ao Twitter foi chamado por Erdogan, de “medida preventiva”. “O Twitter tem sido usado como um meio de levar a cabo assassinatos de reputação, fazendo circular gravações adquiridas ilegalmente, registros falsos e fabricados de escutas telefônicas”, disse o governo em um comunicado.

Usuários acharam facilmente maneiras de furar o bloqueio, e inclusive o presidente Abdullah Gul, aliado histórico de Erdogan, tuitou em repúdio: “Impedir o acesso a plataformas sociais é algo que não pode ser aprovado.”

Uma das maneiras de burlar a censura era usar um sistema de gerenciamento de domínios e IPs conhecido como DNS. Neste sábado, o serviço de DNS provido pelo Google também foi proibido pelo governo de Erdogan – o que reforçou o temor de que o Youtube venha a ser o próximo alvo.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.