Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dentadura de Churchill é vendida por 24 mil dólares

Comprador já possui o microfone com o qual o premiê anunciou o fim da 2ª Guerra

Uma prótese dentária parcialmente de ouro que pertencia à Winston Churchill, primeiro-ministro britânico na época da 2ª Guerra Mundial, foi arrematada em um leilão nesta quinta-feira por 15.200 libras (23.770 dólares), três vezes mais que o esperado. Churchill possuía quatro próteses – uma levou para o túmulo, outra esteve exposta num museu londrino como os “dentes que salvaram o mundo”, e a terceira foi fundida.

A dentadura, criada especialmente para disfarçar a pronúncia defeituosa do “s” de Churchill, foi vendida por Nigel Cudlipp, filho do protético que a fabricou. O comprador foi um colecionador britânico que também possui o microfone com o qual Churchill anunciou o fim da guerra, em 1945.

Em entrevista à rede britânica BBC, Cudlipp contou que Churchill tinha o costume de afastar a dentadura com o dedo, num gesto de raiva, quando as notícias do front não eram boas. “Meu pai contava anedotas sobre a maneira que Churchill punha o polegar atrás da prótese para afastá-la, atirando-a, às vezes, contra a parede oposta. Ele dizia que, por causa disso, podia saber de longe como estava a situação da guerra”, contou.

Nesta quinta-feira, o Churchill Archives Centre de Cambridge anunciou que tornará disponível na internet grande parte dos arquivos pessoais do estadista. Trata-se de cerca de um milhão de páginas de rascunhos de discursos, boletins escolares, anotações sobre seu gato, seus cães e seu periquito Toby.

(Com Agência Reuters e Agência France-Presse)