Clique e assine a partir de 8,90/mês

Damasco vive os combates ‘mais violentos’ desde o início da revolta

Por Da Redação - 15 jul 2012, 15h14

A capital da Síria, Damasco, foi neste domingo palco dos combates “mais violentos” desde o início da revolta popular neste país, que atingiram diversos bairros da cidade, afirmou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

“O exército regular lança tiros de morteiro contra diversos bairros” onde se encontram combatentes rebeldes do Exército Sírio Livre (ESL), disse à AFP o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahmane. Os combates em Damasco “nunca tiveram esta intensidade”, acrescentou.

“Os combates mais violentos ocorrem nos bairros de Tadamone, Kafar Soussé, Nahr Aicha, Sidi Qadad e al-Kaddad. As forças de segurança tentam retomar o controle destes bairros, mas até o momento não conseguiram”, disse Rahmane.

Por sua vez, integrantes dos Comitês Locais de Coordenação, que incentivam a resistência, informaram sobre grandes colunas de fumaça no céu do bairro de Tadamone, e alertaram para fortes explosões em Nahr Aicha.

Continua após a publicidade
Publicidade