Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dalai Lama recebe prêmio em Londres e se reúne com Cameron

O Dalai Lama recebeu nesta segunda-feira o prêmio Templeton 2012, um dos mais bem pagos do mundo, durante uma visita a Londres, em que aproveitou para encontrar o primeiro-ministro britânico David Cameron.

O líder espiritual dos tibetanos, de 76 anos, anunciou durante a cerimônia realizada na Catedral de St. Paul, que doará para a caridade o valor do prêmio de 1,1 milhão de libras (1,77 milhão de dólares, 1,38 milhão de euros), que acompanha a premiação.

O Dalai Lama entregará 1,5 milhão de dólares à ONG “Save the Children” para financiar seus projetos em favor das crianças desnutridas da Índia, país onde está exilado desde 1959.

“Nossa verdadeira esperança é a geração mais jovem. Se nós a educarmos de maneira adequada, poderá mudar o mundo”, declarou para a multidão que acompanhou a cerimônia. “O século XXI tem que ser mais pacífico”, acrescentou.

O Prêmio Nobel da Paz doará outros 200 mil dólares para o Instituto Mind and Life, uma organização que promove um trabalho que caminha entre a ciência e a espiritualidade, e o restante financiará a educação científica dos monges tibetanos.

Durante sua visita a Londres, o Dalai Lama se reuniu com o primeiro-ministro David Cameron e com seu vice, Nick Clegg, mas por ser um encontro “privado”, seu conteúdo não foi revelado.

O Dalai Lama, que dedicou grande parte de sua vida para defender uma real autonomia para o Tibete, sob administração chinesa, abandonou no ano passado seus poderes políticos, mas ainda é considerado um perigoso “separatista” pelas autoridades de Pequim, que normalmente condenam seus encontros com líderes ocidentais.

Após esta primeira viagem, o monge tibetano irá fazer uma visita espiritual de oito dias a várias cidades, incluindo novamente a capital britânica, entre 16 e 23 de junho.