Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Cúpula da Ásia Oriental começa centrada na segurança marítima regional

Por Da Redação 19 nov 2011, 02h16

Nusa Dua, Bali (Indonésia), 19 nov EFE).- A cúpula da Ásia Oriental começou neste sábado na ilha indonésia de Bali com a presença dos líderes de 18 países centrada na segurança marítima regional e outros assuntos políticos e econômicos.

O presidente americano, Barack Obama, participa pela primeira vez deste fórum, depois que a cúpula do ano passado aprovou a entrada de Estados Unidos e Rússia.

As conversas tratarão especialmente da segurança no mar da China Meridional, onde Brunei, China, Filipinas, Malásia, Taiwan e Vietnã reivindicam a soberania parcial ou total das ilhas Spratly, ricas em gás e petróleo, enquanto Pequim e Hanói disputam também as ilhas Paracel.

A previsão é que a cúpula aprove dois documentos: uma declaração sobre princípios de relações mútuas, para reger as relações entre os países por meios pacíficos e estáveis, e outra sobre colaboração, para promover a cooperação na região.

Além disso, serão abordadas questões estratégicas para a região tais como a cooperação em energia, finanças, educação e gestão de desastres.

Nesta décima cúpula da Ásia Oriental participam Austrália, China, Coreia do Sul, Índia, Japão, Nova Zelândia, EUA, Rússia e os dez países da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean).

A Asean é formada por Mianmar, Brunei, Camboja, Filipinas, Indonésia, Laos, Malásia, Cingapura, Tailândia e Vietnã.

Todos os países estão representados por seus principais líderes, exceto Rússia e Nova Zelândia, que enviaram seus ministros de Relações Exteriores. EFE

Continua após a publicidade

Publicidade