Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cuba transfere presos políticos para peninteciárias mais perto das famílias

O Governo de Cuba começou nesta terça-feira o traslado de presos políticos a cárceres mais próximos de onde moram as famílias, como resultado de mediação da Igreja Católica. O fato é visto como um primeiro passo para as libertações, segundo fontes da oposição e familiares.

Elizardo Sánchez, presidente da Comissão Cubana de Direitos Humanos (CCDHRN), disse que, até agora, foram feitas três transferências de um total de 17 foram adiantadas. “O processo começou na manhã de hoje”, disse.

Félix Navarro e Antonio Díaz, condenados a 25 e a 20 anos respectivamente, reclusos na província central de Ciego de Avila, foram levados para as prisões de Matanzas e Ciudad de La Habana; Diosdado González, condenado a 20 anos, foi de Pinar del Rio para Matanzas, segundo Sánchez.

(Com agência France-Presse)