Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Croácia assina tratado de adesão à UE

Por John Thys 9 dez 2011, 07h49

A Croácia assinou nesta sexta-feira em Bruxelas o tratado de adesão à União Europeia (UE), o que abre o caminho para o país virar o 28º membro do bloco.

Em plena crise da dívida, que demonstra as fortes divisões internas e coloca em risco a sobrevivência do euro, o presidente croata, Ivo Josipovic, e a chefe de Governo croata, Jadranka Kosor, encerraram em Bruxelas um longo processo de negociações – 11 anos – com a a UE com a assinatura do tratado de adesão da antiga república iugoslava.

“É a chave de ouro para nosso reconheocimento internacional”, disse a primeira-ministra Kosor.

O presidente da UE, Herman Van Rompuy, e o presidente semestral do bloco, o polonês Donald Tusk, assim como José Manuel Durão Barroso, presidente da Comissão Europeia, deram as boas-vindas ao 28º membro da UE em um momento turbulento, em particular para a Eurozona, em uma cerimônia na sede do Conselho.

Depois da assinatura, os croatas terão que ratificar em um referendo a adesão, antes de uma votação em cada um dos Parlamentos dos 27 membros da UE.

A adesão plena deve acontecer em 1º de julho de 2013.

Depois da Eslovênia, a Croácia é o segundo país da antiga Iugoslávia a integrar a UE.

Continua após a publicidade

Publicidade