Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cristina Kirchner se recupera bem após extirpar tumor da tireóide

Buenos Aires, 4 jan (EFE).- A presidente argentina, Cristina Fernández de Kirchner, se recupera bem da operação à qual foi submetida nesta quarta-feira em Buenos Aires para extirpar um câncer de tireóide.

Cristina, de 58 anos, passou por uma tireoidectomia total por um carcinoma papilar detectado no lóbulo direito da glândula tireóide.

A operação aconteceu ‘sem inconvenientes nem complicações’, durante três horas e meia e a presidente apresentou uma ‘boa recuperação pós-operatória’ e está acordada, segundo o primeiro relatório médico.

A governante está internada no hospital Austral, onde permanecerá durante 72 horas, segundo anunciou o porta-voz presidencial, Alfredo Scoccimarro, que adiantou que não haverá um novo boletim médico até quinta-feira.

Tudo saiu de acordo com plano previsto, ressaltou o porta-voz da Casa Rosada, um dos poucos funcionários que acompanhou Cristina, que chegou ao hospital no helicóptero presidencial por volta das 8h (de Brasília) e foi recebida com aplausos pelos funcionários do centro médico.

A presidente, na companhia dos filhos Máximo e Florença, ocupa o quarto 217, no segundo andar do Hospital Austral, um dos mais conceituados do país.

Dependente da Opus Dei e situado nos arredores da localidade de Pilar, cerca de 60 quilômetros de Buenos Aires, o hospital está blindado por fortes medidas de segurança desdobradas pela presença da governante.

O diretor médico do centro, Eduardo Schnitzler, ordenou a preparação de várias camas para que seus familiares mais próximos possam acompanhá-la nos próximos dias e antecipou sua intenção de não abandonar o recinto durante a convalescença da presidente.

A confirmação do sucesso da operação foi recebida com uma ovação pelas centenas de seguidores da presidente que desde ontem à noite acampam nas imediações do hospital.

Os manifestantes, em sua maioria jovens, tomaram o acesso principal do centro médico com bandeiras, cartazes e inclusive alguns ‘santuários’ improvisados com imagens de Jesus Cristo e de Nossa Senhora de Lujan, patrona da Argentina, para pedir pela ‘pronta recuperação’ da chefe de Estado.

Os cartazes levam mensagens como ‘Hoje a força do teu povo te deseja uma pronta melhora: Força, morena’ e ‘Cristina, todos estão a teu lado’, e acompanham um enorme boneco de Néstor Kirchner instalado junto a três grandes flores de papelão com a frase ‘Força, morena’.

Além disso, a hashtag #FuerzaCristina se multiplicou nas mensagens de solidariedade enviadas nesta quarta-feira por governistas e opositores à presidente argentina que esqueceram suas diferenças para expressar sua solidariedade pelo Twitter.

Os apostadores da loteria nacional já deviam suspeitar que a operação seria um sucesso a julgar pelo sinal de boa sorte que apareceu no sorteio de ontem à noite, cuja combinação vencedora foi para as letras CFK e V, coincidentes com as iniciais de Cristina Fernández de Kirchner e Vitória.

A Casa Rosada não esclareceu ainda se durante os 20 dias de licença que planeja tomar, a presidente descansará na residência oficial de Olivos ou se viajará para El Calafate, na Patagônia, que ela mesma já descreveu como ‘seu lugar no mundo’.

Até o dia 24 de janeiro, o Governo fica nas mãos do vice-presidente, Amado Boudou, que hoje assumiu oficialmente suas funções e estreou com uma reunião com o ministro da Economia, Hernán Lorenzino, sobre a arrecadação tributária de dezembro de 2011. EFE