Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cristina Kirchner ficará um mês de licença médica

Presidente da Argentina precisa de repouso para se recuperar de traumatismo craniano sofrido em acidente ocorrido em 12 de agosto

A Casa Rosada informou na noite deste sábado que a presidente Cristina Kirchner ficará afastada do governo por um mês. A decisão foi tomada após recomendação médica. Cristina foi diagnosticada com um hematoma subdural crônico durante um exame cardiovascular de rotina. O comunicado lido pelo porta-voz presidencial, Alfredo Scoccimarro, diz que Cristina sofreu um trauma na cabeça em 12 de agosto.

Leia mais:

Primárias enterram sonho de reeleição infinita de Cristina

Ainda não foi confirmado se o vice-presidente, Amado Boudou, assumirá funções de presidente durante o período. Boudou chegou a ocupar a presidência por cerca de três semanas em dezembro de 2011, após Kirchner passar por uma cirurgia para remover um tumor benigno na glândula da tireoide.

A licença de Cristina Kirchner coincide com a reta final da campanha das eleições parlamentares, marcadas para 27 de outubro. De acordo com analistas, seu partido, o Frente pela Vitória (FPV), pode perder o controle do Senado, mas provavelmente vai manter uma pequena maioria na Câmara. A eleição é vista ainda com um teste-chave para os aspirantes às eleições presidenciais em 2015. Kirchner não pode buscar um terceiro mandato consecutivo.

(Com Estadão Conteúdo)