Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Criminosos de jet ski trocam tiros em praia badalada de Cancún

Três homens armados chegaram de jet skis na orla e dispararam para o alto; ninguém ficou ferido

Por Da Redação Atualizado em 9 dez 2021, 14h38 - Publicado em 9 dez 2021, 14h14

Um tiroteio foi relatado na praia de um resort em Cancún, no México, nesta semana, fazendo com que turistas e funcionários corressem para se proteger dos disparos. De acordo com a polícia local, não houve feridos. 

Os criminosos roubaram jet skis e começaram a efetuar tiros na orla de um dos resorts da zona hoteleira da cidade. Segundo um dos turistas que estava no local, cerca de três homens armados com pistolas estavam atirando para o alto, e não em direção às pessoas. 

O incidente é mais um de uma série de tiroteios que vêm acontecendo na cidade de Cancún nos últimos meses e ocorre na mesma semana em que um batalhão especial de tropas da Guarda Nacional foi designado para proteger a área. 

Fuzileiros navais mexicanos com capacetes, coletes à prova de balas e fuzis foram vistos patrulhando as praias em meio aos turistas.

Em novembro, um grupo de criminosos invadiu um resort ao sul de Cancún e abriu fogo em frente a hotéis de luxo da região, executando dois membros de uma gangue rival. Vários cartéis estão lutando pelo lucrativo comércio de drogas da área, aumentando os índices de violência e manchando a imagem da costa caribenha do México.

Faz parte da estratégia desses grupos matar publicamente os traficantes de rua rivais de modo a eliminar a concorrência e garantir que suas drogas sejam vendidas nos pontos de disputa. 

Há duas semanas, dois turistas foram mortos em tiroteios semelhantes na região de Tulum, ao sul de Cancún. De acordo com os promotores, o motivo foi o mesmo. 

Há indícios de que a situação no estado de Quintana Roo, onde está localizada a orla caribenha do México, está fora de controle. Em junho, outra troca de tiros acabou com a morte de mais dois homens envolvidos com o tráfico. 

Em outubro, a polícia realizou uma operação em uma badalada rua no município de Playa del Carmen, prendendo 26 suspeitos de estarem vendendo drogas na região, depois que uma policial foi morta a tiros e encontrada trancada no porta-malas de um carro.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês