Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Covid-19: show em Barcelona reúne 5.000 espectadores testados e de máscara

Apresentação da banda local Love of Lesbian funcionou com um evento-teste, sem a necessidade de distanciamento social

Por Da Redação Atualizado em 28 mar 2021, 18h31 - Publicado em 28 mar 2021, 18h29

Um show musical em Barcelona, na Espanha, reuniu 5.000 espectadores no último sábado, 28. A apresentação da banda de pop rock Love of Lesbian funcionou com um evento-teste, no qual todos os presentes precisaram usar máscaras e realizar testes de Covid-19, mas não tiveram de praticar o distanciamento social.

A realização do show na arena Palau San Jordi contou com a aprovação do governo catalão. “Bem-vindos a um dos shows mais emocionantes de nossas vidas!”, discursou o vocalista da banda, Santi Balmes, enquanto os fãs pulavam e se abraçavam, todos de máscara.

Continua após a publicidade

Os controles sanitários atrasaram o início do show. Foram realizados testes de antígenos, que, assim como o teste PCR, identificam o coronavírus diretamente, pois detectam proteínas específicas que o vírus produz e que aparecem na superfície dele, com a vantagem de não levam horas para serem concluídos.

Cerca de 15 minutos depois da coleta, realizada por 80 enfermeiras em três pontos diferentes da cidade, os resultados foram enviados via mensagem no celular. Aqueles que testaram negativo, foram autorizados a comparecer ao show, enquanto o restante teve direito a reembolso.

  • “Foi espetacular. Nos sentimos seguros em todos os momentos. Estávamos na primeira fila e foi algo de que sentimos muita falta”, afirmou o publicitário Salvador, de 29 anos, à agência Reuters. “Estamos muito orgulhosos de ter tido a chance de participar disso. Esperamos que seja o primeiro de muitos.”

    Segundo dados atualizados da Universidade Johns Hopkins, a Espanha é o oitavo país com mais casos de Covid-19 registrados (3,2 milhões) e o 10º em número de mortes (75.000). Apesar de apresentar índices recentes melhores que os dos vizinhos como França, Itália e Alemanha, o governo espanhol segue tratando o quadro como preocupante, com cerca de 134 casos em média por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias, às vésperas das festividades da Semana Santa.

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade