Clique e assine a partir de 9,90/mês

Covid-19: Dez países que relaxaram o isolamento têm aumento de casos

Pesquisa do jornal The Guardian, em parceria com a Universidade de Oxford, avaliou os 45 países que reportaram mais de 25.000 infectados

Por Da Redação - Atualizado em 25 jun 2020, 18h41 - Publicado em 25 jun 2020, 18h29

Uma estudo publicado nesta quinta-feira, 25, pelo jornal britânico The Guardian, em parceria com a Universidade de Oxford, aponta que dez países que amenizaram as medidas de isolamento social, voltaram a registrar aumento no número de casos, na comparação entre a presente semana e a anterior. No total, foram analisados 45 países que tiveram mais de 25.000 pessoas infectadas pela Covid-19.

Os países apontados pela pesquisa são Alemanha, Ucrânia, Estados Unidos, Suíça, Bangladesh, França, Suécia, Irã, Indonésia e Arábia Saudita. Na Alemanha, onde o isolamento é regulado pelos estados, o crescimento foi de 36,7%. O estado alemão da Renânia do Norte-Vestfália  voltou a determinar quarentena em dois distritos , Gütersloh e Warendorf, após a eclosão de um surto de 1.500 casos em um matadouro de animais.

Em seguida vem a Ucrânia, com 30%.

O número de casos semanais cresceu em cerca de 25% nos Estados Unidos. Os três estados mais populosos do país Califórnia, com 40 milhões de habitantes, Texas, 30 milhões, e Flórida, 20 milhões — quebraram simultaneamente seus respectivos recordes de casos diários, na terça-feira 23.

Continua após a publicidade

A Califórnia reportou mais de 7.000 casos na terça-feira, enquanto que o Texas e a Flórida contabilizaram mais de 5.000 cada.

A cidade texana de Houston, que é a mais populosa do estado, com apenas 2 milhões de habitantes, deve observar o número de casos diários quadruplicar até 4 de julho, estima o Dr. Peter Hotez, da Universidade de Houston.

Abaixo dos Estados Unidos, Suíça, Bangladesh, França e Suécia tiveram crescimento no número de casos semanais entre 15% e 10%. Irã, Indonésia e Arábia Saudita não chegaram nem a um aumento superior a 7%.

Em contrapartida, o estudo do Guardian e da Universidade de Oxford aponta que outros 11 países amenizaram suas regras de isolamento social e permaneceram em queda no número de casos semanais: Turquia, Bélgica, Canadá, Polônia, Paquistão, Emirados Árabes Unidos, Bielorrússia, Itália e Espanha, Singapura e Países Baixos.

Continua após a publicidade

Os Países Baixos reportaram 86% menos casos da Covid-19 nesta semana que na anterior. Os índices de queda na Espanha e em Singapura superaram os 60%

Já o Brasil figura no estudo entre os sete países que não promoveram mudanças no isolamento social, mas, mesmo assim, viram o número de casos crescer. Os registros de Covid-19 subiram 17,5% no período observado. No mesmo grupo estão Portugal, República Dominicana, Chile, Índia, África do Sul e Egito.

Publicidade