Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Coronavírus: Papa fará missa por vídeo para evitar difusão da doença

Medida será adotada a partir deste domingo com o objetido de evitar a formação de aglomerações

Por Da Redação 7 mar 2020, 11h44

O papa Francisco pronunciará no domingo de sua biblioteca a tradicional oração do Angelus, que será transmitida ao vivo por vídeo, e não em sua janela diante da praça de São Pedro, anunciou o Vaticano neste sábado, 7, para “evitar riscos de difusão” do coronavírus. “A oração será retransmitida por vídeo ao vivo (…) nas telas na praça de São Pedro para permitir a participação dos fiéis”, informou a nota do Vaticano.

Essa decisão “foi necessária para evitar os riscos de disseminação da Covid-19 quando as aglomerações são formadas durante os controles de acesso à praça de São Pedro”, segundo o Vaticano. A audiência semanal do papa às quartas-feiras “será realizada nas mesmas condições”.

Além disso, até o domingo dia 15, as missas em Santa Marta, a residência do papa no Vaticano, estão canceladas. Há mais de uma semana, o papa, de 83 anos, líder espiritual de 1,3 bilhão de católicos, não deixa sua residência, localizada a poucos passos da Basílica de São Pedro. A Cidade do Vaticano, o menor estado do mundo, anunciou seu primeiro caso de coronavírus na sexta-feira.

  • (Com AFP)

    Continua após a publicidade
    Publicidade