Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Coronavírus mata dois passageiros que estavam em navio ancorado no Japão

Vítimas são um homem e uma mulher de cerca de 80 anos, de acordo com a imprensa japonesa

Por AFP Atualizado em 20 fev 2020, 09h28 - Publicado em 20 fev 2020, 01h44

Morreram dois idosos diagnosticados com o novo coronavírus que estavam a bordo do navio de cruzeiro Diamond Princess, que ficou em quarentena no Japão por catorze dias, informou nesta quinta-feira, 20, a imprensa do país citando fontes do governo.

As vítimas são um homem e uma mulher de cerca de 80 anos, de acordo com a emissora de TV NHK e outros veículos.

Até o momento não há nenhum comunicado oficial do Ministério da Saúde japonês sobre esta informação a respeito dos primeiros óbitos entre os mais de 600 casos confirmados da doença no cruzeiro.

Os dois idosos estavam doentes antes de contrair o novo coronavírus e foram retirados da embarcação nos dias 11 e 12 de fevereiro, informou a NHK.

  • O Japão anunciou na noite de quarta-feira que 79 novos diagnósticos do coronavírus foram detectados a bordo, elevando o número total de casos registrados na Diamond Princess para 621.

    Este navio de cruzeiro atracado no porto de Yokohama, perto de Tóquio, foi o maior foco da epidemia fora da China. Na quarta-feira, 443 pessoas desembarcaram após duas semanas de quarentena.

    Continua após a publicidade
    Publicidade