Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Coronavírus: ‘70% das pessoas na Alemanha serão infectadas’, diz Merkel

País registra mais de 1.100 enfermos e duas mortes; para chanceler, medidas de estímulo econômico ainda não são necessárias

Por Da Redação Atualizado em 10 mar 2020, 17h58 - Publicado em 10 mar 2020, 17h45

A chanceler alemã, Angela Merkel, disse a aliados políticos nesta terça-feira, 10, que até 70% das pessoas no país podem ser infectadas pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), reportou o jornal Bild. A Alemanha registra mais de 1.100 casos de pacientes contaminados e duas mortes, ambas ocorridas na segunda-feira 9.

De “60% a 70% das pessoas na Alemanha serão infectadas pelo novo coronavírus”, disse Merkel em uma reunião de seu grupo parlamentar no Bundestag, como é conhecido o parlamento alemão. Segundo o Bild, algumas pessoas presentes relataram que houve silêncio após a afirmação da chanceler.

Merkel ainda não vê necessidade de adotar estímulos econômicos para conter os impactos do surto na economia alemã. Ela defendeu seu ministro da Saúde, Jens Spahn, ao afirmar que ele tem segurado “muito bem” o “principal fardo” da epidemia na Alemanha.

  • Cerca de 1.130 pessoas na Alemanha estão contaminadas com o novo coronavírus, segundo o relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) publicado na terça-feira — apenas a Itália (9.172) e a França (1.402) registraram mais casos dentre os países europeus. As duas primeiras mortes na Alemanha em decorrência da epidemia foram reportadas nesta segunda-feira.

    Continua após a publicidade
    Publicidade