Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Coreias confirmam reunião militar na próxima semana

Por Da Redação 1 fev 2011, 06h03

As duas Coreias chegaram a um acordo nesta terça-feira para realizar uma reunião militar de trabalho no próximo dia 8, com o objetivo de preparar um encontro de oficiais de alto nível para reduzir a tensão entre os países, informou o Ministério de Defesa sul-coreano.

O encontro foi proposto há dez dias pelo regime comunista de Pyongyang e teve o sinal verde de Seul, embora inicialmente a data apontada para sua realização fosse 11 de fevereiro.

Nesta terça-feira, a Coreia do Norte propôs antecipar a reunião para o dia 8 e o governo de Seul concordou, ao mesmo tempo que ficou acertado que dela participarão “oficiais em nível de coronel dos dois países”, segundo uma fonte do Ministério de Defesa citado pela agência local “Yonhap”.

Durante esse encontro, que ocorrerá na vila fronteiriça de Panmunjom, os representantes das duas nações tentarão estipular data, lugar e agenda de uma reunião posterior de militares de alto nível. A reunião oficial da próxima terça-feira será a primeira entre os dois países após o inesperado ataque norte-coreano de novembro contra a ilha sul-coreana de Yeonpyeong, que deixou quatro mortos. Além disso, Seul acusa Pyongyang do afundamento do seu navio de guerra Cheonan em março de 2010, no qual morreram 46 tripulantes. A Coreia do Norte, no entanto, nega envolvimento no caso.

O presidente sul-coreano, Lee Myung-bak, assegurou nesta terça-feira em um programa televisivo que estaria disposto a realizar uma cúpula com a Coreia do Norte se o regime comunista “mudar de atitude” e cessar suas provocações.

(com Agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade