Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Coreia do Norte descarta negociações sobre armas nucleares

Diplomata de Pyongyang afirma que seu país continuará desenvolvendo "forças nucleares e capacidade de um triunfante ataque" como forma de dissuasão aos EUA

Por Reuters 17 nov 2017, 19h38

A Coreia do Norte descartou nesta sexta-feira a possibilidade de negociações com Washington enquanto exercícios militares conjuntos entre os Estados Unidos e a Coreia do Sul continuarem e informou que o programa de armas atômicas de Pyongyang permanecerá como forma de dissuasão a uma ameaça nuclear americana. As declarações foram feitas por Han Tae Song, embaixador norte-coreano na Organização das Nações Unidas (ONU) em Genebra, à agência Reuters.

“Enquanto houver uma política hostil contínua contra o meu país pelos Estados Unidos e jogos de guerra em nossa porta, não haverá negociações”, disse Song sobre as conversas conduzidas nesta sexta-feira entre Washington e Seul, que concordaram em continuar trabalhando em uma solução pacífica para a crise nuclear na península coreana. Um diplomata americano, segundo a Reuters, disse que é difícil avaliar as intenções de Pyongyang já que não houve até aqui “nenhum sinal”.

Song é embaixador da Coreia do Norte para a Conferência de Desarmamento da ONU e assegurou que seu país “continuará a desenvolver sua capacidade de autodefesa, cujo eixo são as forças nucleares e a capacidade de um triunfante ataque, enquanto os Estados Unidos e forças hostis continuarem com ameaças nucleares e chantagens”.

Singapura

Na esteira das sanções impostas pela ONU, Singapura é a mais recente nação a restringir suas relações com Pyongyang. A alfândega do pequeno estado-nação do Sudeste Asiático proibiu o comércio de bens com a Coreia do Norte. Infratores que importarem ou exportarem produtos do país de Kim Jong-un podem ser condenados a penas de até dois anos de prisão.

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)