Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Coreia do Norte acusa presidente da Coreia do Sul de ‘vulgaridade moral’

A presidente Park Geun-Hye afirmou em entrevista que estava disposta a se encontrar com o ditador Kim Jong-Un

Por Da Redação 6 nov 2013, 10h47

A Coreia do Norte acusou a presidente sul-coreana Park Geun-Hye de “vulgaridade moral” nesta quarta-feira depois que ela sugeriu que estava pronta para se encontrar a qualquer momento com o ditador do Norte, Kim Jong-Un. O Comitê norte-coreano para a Reunificação Pacífica da Coreia acusou Park de fazer declarações provocativas contra Pyongyang.

“Seus comentários grosseiros contra o Norte, enquanto dizia que está pronta para ter um encontro a qualquer momento, provam que ela [Park Geun-Hye] não tem capacidade para participar de uma reunião e mostrar sua vulgaridade moral e impertinência desprovida de bom senso”, disse o órgão estatal em um comunicado. O texto também afirma que “o comentário de Park é apenas um último recurso para enfrentar a crise política interna e externa”. O Comitê ainda pediu que Park pare com as “palavras e atos provocativos” e tenha boa maneiras se espera se encontrar com Kim.

Leia também

Marinheiros norte-coreanos morrem durante “tarefas de combate”

Pyongyang aciona 130 hovercrafts para possíveis manobras militares

A declaração, divulgada pela agência de notícias oficial do Norte, foi uma resposta aos comentários de Park em uma entrevista publicada na semana passada pelo jornal francês Le Figaro. Park declarou ao jornal que estava disposta a realizar um encontro com Kim a qualquer momento se isso contribuir para promover a paz na Península Coreana. O Comitê do Norte denunciou o comentário de Park como um “sofisma ridículo que não vai funcionar com ninguém”. Park visitou Paris no sábado, na primeira etapa de seu giro por três países europeus, que também a levará à Grã-Bretanha e à Bélgica.

As tensões militares entre os dois países, que aumentaram após o teste nuclear do Norte em fevereiro, aparentemente estão se contraindo e as duas partes concordaram em reabrir seu parque industrial conjunto na cidade fronteiriça norte-coreana de Kaesong.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)