Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Consulado de Portugal em SP suspende novos pedidos de nacionalidade

A interrupção de deve ao 'número crescente' de novos pedidos e atraso nas solicitações pendentes; serviço será retomado em janeiro

O Consulado-Geral de Portugal em São Paulo informou nesta quinta-feira (18) que irá suspender temporariamente a admissão de novos pedidos de nacionalidade por brasileiros. A decisão causa surpresa porque o governo do presidente Marcelo Rebelo de Sousa insiste na necessidade de aumentar da população do país por meio da imigração, de forma a manter o total de habitantes em 10 milhões.

Segundo a unidade diplomática, a interrupção se deve ao “número crescente” de novos pedidos, o que provoca “demoras na capacidade de processamento, análise e conclusão dos novos pedidos apresentados”. Em situações anteriores, como o aumento de solicitações de vistos para o ingresso nos Estados Unidos no começo da década, as autoridades consulares americanas em São Paulo pediram reforços de pessoal. A concessão de vistos não foi interrompida.

Em comunicado publicado no seu site, o consulado afirmou ainda que os interessados em solicitar a nacionalidade portuguesa devem esperar até o dia 2 de janeiro de 2019 para entrar com novos pedidos.

A admissão de pedidos no Escritório do Consulado de Portugal em Santos (SP) também está suspensa por enquanto. O aviso foi publicado no site do órgão no início da tarde desta quinta-feira. 

O discurso de Portugal em relação à recepção de imigrantes também se choca com os números coletados e divulgados pelo seu Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). O Relatório de Imigração, Fronteiras e Asilo 2017 apontou o recorde de 1.336 brasileiros impedidos de ingressar no país no ano passado – 62,3% do universo de estrangeiros barrados. Em 2016, foram devolvidos 968 brasileiros.