Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Conselho de Segurança da ONU aprova plano de paz para Síria

A resolução prevê um cessar-fogo em janeiro e uma negociação entre governo e oposição

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas aprovou nesta sexta-feira, por unanimidade, uma resolução endossando um roteiro internacional para um processo de paz na Síria, em uma rara demonstração de unidade entre as grandes potências sobre um conflito que já matou mais de 250.000 pessoas.

A resolução do Conselho dá o respaldo da ONU ao roteiro para o processo de paz, que prevê um cessar-fogo em janeiro e uma negociação entre governo e oposição para completar uma transição política em um prazo de 18 meses. Apesar disso, ainda permanecem sem solução assuntos-chave que dividiram até agora a comunidade internacional, entre eles o futuro do ditador sírio Bashar Assad e a lista de grupos da oposição que farão parte das negociações de paz.

Leia também:

Alemanha participa pela primeira vez de ataque contra EI na Síria

Três explosões provocadas pelo Estado Islâmico deixam ao menos 50 mortos na Síria

Ataques aéreos deixam 26 civis mortos no nordeste da Síria

O acordo foi fechado durante uma reunião dos ministros das Relações Exteriores de várias potências e países-chave no conflito sírio, realizada em Nova York após os progressos conseguidos anteriormente em Viena. Além do ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, e do secretário de Estado americano, John Kerry, participaram da reunião nessa sexta-feira os chefes das diplomacias de Irã, Arábia Saudita, Turquia, Emirados Árabes Unidos, China, França, Alemanha e Reino Unido, entre outros.

Embora o Conselho de Segurança tenha adotado resoluções vinculadas à guerra na Síria para abordar aspectos como o uso de armas químicas ou a situação humanitária, nunca havia sido capaz de colocar-se de acordo sobre soluções práticas para os conflitos políticos.

(Da redação)