Clique e assine com até 92% de desconto

Confronto em campo palestino no Líbano deixa um morto e vários feridos

Por Mahmoud Zayyat 6 ago 2011, 15h57

Uma pessoa morreu e outras oito ficaram feridas, a maioria com gravidade, neste sábado, em confrontos armados entre grupos rivais no campo de refugiados palestinos em Ain Helué (sul de Líbano), anunciou uma autoridade libanesa no campo.

“Um civil morreu e outros oito ficaram feridos, grande parte em estado crítico, em confrontos hoje (sábado) com granadas e metralhadoras”, declarou Munir Maqdah, responsável pela segurança nesse campo, próximo a Saida (sul).

Ao anoitecer havia uma calma precária, enquanto os militantes e os moradores se preparavam para pôr fim ao jejum do Ramadã, indicou essa fonte.

De acordo com um correspondente da AFP no local, os choques começaram neste sábado à tarde entre membros do Fatah, majoritário e leal ao presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas, e membros do grupo radical sunita Khund al-Sham.

O Exército fechou as quatro saídas do campo, mas permitiu que as famílias palestinas fugissem, enquanto homens armados patrulhavam as ruas.

Um membro do Fatah que pediu para não ser identificado explicou que os combates estavam ligados à prisão na sexta-feira de um membro do Khund al-Sham, acusado de ter colocado uma bomba no campo para atacar Mahmud Isa, chamado de Lino, comandante do Fatah no Líbano.

O Exército libanês não intervém nos 12 campos de refugiados do país, e deixa a segurança sob a responsabilidade dos palestinos. Cerca de 50.000 refugiados vivem em Ain Helué, o maior desses campos, considerado um refúgio de extremistas e pessoas procuradas.

Continua após a publicidade
Publicidade