Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Completando 89 anos, Fidel fala em “muitos milhões de dólares” de dívidas dos EUA com Cuba

Um artigo escrito pelo líder cubano foi publicado na imprensa local nesta quinta-feira

Fidel Castro comemorou o aniversário de 89 anos nesta quinta-feira com um artigo publicado na imprensa local a respeito dos “muitos milhões de dólares” que os Estados Unidos supostamente devem a Cuba pelos danos causados por anos de embargo. “Eles devem a Cuba as indenizações equivalentes aos danos que chegam a muitos milhões de dólares, como denunciou nosso país com dados e argumentos irrefutáveis ao longo de suas intervenções ante as Nações Unidas”, escreve o ditador cubano.

O artigo foi publicado às vésperas da histórica visita que o secretário de Estado americano John Kerry fará à ilha, nesta sexta-feira, dia 14, para reabrir formalmente a embaixada de seu país, oito meses depois que Obama e Raúl Castro anunciaram o fim de meio século de hostilidades.

LEIA TAMBÉM:

Obama pede ao Congresso para suspender embargo a Cuba

EUA e Cuba vão reabrir embaixadas em 20 de julho

EUA retiram Cuba da lista de patrocinadores do terrorismo

Em seu aniversário, o ditador cubano recebeu a visita dos presidentes da Venezuela, Nicolás Maduro, e da Bolívia, Evo Morales. Nesta quinta-feira, Fidel e Maduro mudaram a programação inicial – o boliviano visitaria Fidel em sua casa – e apareceram de surpresa no Hotel La Laguna onde Morales está hospedado em Havana, informou a agência estatal boliviana ABI. “Para a Bolívia, todo o carinho do mundo e minha admiração”, disse Fidel Castro, segundo a ABI.

Fidel Castro tem dedicado sua aposentadoria a escrever artigos na imprensa e livros sobre a Revolução Cubana, além de receber personalidades estrangeiras, como o presidente francês, François Hollande, em sua casa em Havana, mas comparece a poucos eventos públicos. Ele não veste mais o tradicional uniforme verde oliva, e sim roupas esportivas. Pessoas que o visitaram afirmam que continua muito lúcido. As fotos recentes o mostram magro e encurvado e, em algumas imagens, é possível observar o uso de aparelho auditivo.

(Com agências EFE e France-Presse)