Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Companhia aérea turca proíbe aeromoças de usar batom de cores fortes

Regra também vale para esmaltes que possam ‘prejudicar imagem’ da empresa

A companhia aérea estatal da Turquia, a Turkish Airlines, decidiu proibir suas funcionárias de usar batom ou esmalte de cores fortes, como vermelho ou rosa, informou nesta sexta-feira a rede CNN. Em comunicado, a companhia aérea, considerada a quarta maior da Europa, argumentou que essas cores “prejudicam a integridade visual” dos uniformes da empresa.

Saiba mais:

Saiba mais: As ambições escusas da Turquia, entre Ocidente e Oriente

“De acordo com práticas geralmente aceitas, os funcionários que trabalham no setor de serviços devem ser preferencialmente simples e usar maquiagem em tons pastéis”, disse a empresa em comunicado. A Turkish Airlines acredita que as cores de tons pastéis proporcionam uma “presença natural que dá um efeito mais gentil e acessível na comunicação”.

A empresa anunciou a medida, mas não informou a partir de quando será adotada ou como a fiscalização será feita.

Além das mudanças estéticas, os passageiros de voos nacionais e com destino a outros países islâmicos não poderão consumir álcool durante a viagem. As novas medidas levantaram críticas sobre a influência dos valores religiosos do governo turco. A população da Turquia, país que faz parte da Otan e é candidato a membro da União Europeia (UE), é 99% muçulmana, mas a constituição turca é secular.

Leia também:

Leia também: Turquia multa ‘Os Simpsons’ por debochar de Deus

“Eles estão proibindo o batom e o esmalte que usamos por anos”, disse a aeromoça Asli Gokmen, que perdeu seu emprego na empresa junto com outros 300 funcionários durante um protesto sindical. “Ninguém pode negar que a Turquia se tornou um país mais conservador e religioso”, disse o dirigente sindical Atilay Aycin.