Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Comissão da Unasul avaliará situação política no Paraguai

Por Da Redação - 1 jul 2012, 19h09

Lima, 1 jul (EFE).- Uma comissão da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) avaliará a situação política do Paraguai, país que foi suspenso como integrante do bloco após a destituição de Fernando Lugo como presidente, informou neste domingo o chanceler peruano, Rafael Roncagliolo.

O ministro declarou à agência oficial ‘Andina’ que a comissão deverá elaborar um relatório que será discutido pelos presidentes ou chanceleres do bloco sul-americano em data a ser determinada.

‘Haverá uma comissão de alto nível para acompanhar o processo paraguaio e esperamos que o Paraguai possa se reintegrar a Unasul em breve’, declarou à ‘Agência Andina’.

Roncagliolo enfatizou que o Peru, que na sexta-feira assumiu a Presidência temporária da Unasul, que estava nas mãos do Paraguai desde junho mas ficou vaga com a suspensão, acompanhará os paraguaios no restabelecimento de sua democracia.

Publicidade

‘Estamos assumindo a Presidência da Unasul num momento em que temos dificuldades com o Paraguai, e portanto queremos acompanhar os paraguaios em um restabelecimento democrático pleno’, afirmou.

Lugo foi cassado pelo Senado paraguaio por mau desempenho de suas funções em 22 de junho e, no mesmo dia, o até então vice-presidente, Federico Lugo, assumiu a presidência, como estabelece a Constituição do país. EFE

Publicidade