Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Começa julgamento do assassinato do militar que inspirou ‘Sniper Americano’

Eddie Ray Routh é ex-veterano da Guerra do Iraque e assassinou em 2013 o ex-atirador de elite Chris Kyle, considerado um herói da Marinha Americana

Começa nesta quarta-feira no Texas o julgamento do veterano da Guerra do Iraque que matou a tiros o ex-fuzileiro naval Chris Kyle, autor da autobiografia best-seller que foi transformada no filme de sucesso “Sniper Americano”. Os advogados Eddie Ray Routh, de 27 anos, vão argumentar no começo de seu julgamento que ele estava com problemas mentais quando atirou em Kyle, reporta a rede CNN.

Além de ter matado o sniper (atirador de elite), Routh também assassinou Chad Littlefield, amigo de Kyle, em 2013 em um campo de tiros a cerca de 110 quilômetros de Fort Worth, no Texas. Um júri popular composto de dez mulheres e dois homens vai decidir o caso. Após os argumentos iniciais, é esperado que a viúva de Kyle, Taya, seja uma das testemunhas. Especialistas legais dizem que é difícil conseguir um veredicto de inocência por razão de insanidade no Texas.

Leia também

‘Sniper Americano’ é banido de cinema no Iraque

‘Sniper Americano’ faz US$ 248 milhões em bilheteria nos EUA

​Bebê tosco de Bradley Cooper em ‘Sniper Americano’ vira piada

Caso a promotoria ganhe a ação, vai buscar uma sentença de prisão perpétua, enquanto a defesa vai argumentar que o acusado é inocente por conta de um severo estresse pós-traumático causado pelas expedições enquanto atuava na Marinha americana. Parentes de Routh disseram que ele foi hospitalizado para tratamento de seu problema mental nos meses após o assassinato de 2 de fevereiro de 2013. Ele foi levado ao campo de tiro por Kyle, que estava ajudando colegas veteranos a curar as cicatrizes mentais da guerra.

O caso vai ser ouvido na corte da cidade rural de Erath County. Os advogados de Routh tentaram sem sucesso adiar o julgamento, dizendo que a exibição do filme “Sniper Americano” nos cinemas e sua participação na temporada de premiações dificulta que Routh tenha um julgamento justo. Kyle, considerado o sniper com o maior número de mortes, virou celebridade no Texas, seu Estado natal. Ele é visto por muitas pessoas como símbolo de dedicação ao país e aos seus colegas das Forças Armadas.

“Sniper Americano”, dirigido por Clint Eastwood e estrelando Bradley Cooper, já faturou mais de 282 milhões de dólares (mais de 789 milhões de reais) desde sua estreia no meio de janeiro e foi indicado para seis prêmios Oscar, incluindo o de melhor filme.

O ator Bradley Cooper em cena do filme ‘American Sniper’ O ator Bradley Cooper em cena do filme ‘American Sniper’

O ator Bradley Cooper em cena do filme ‘American Sniper’ (/)

(Com agência Reuters)