Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Começa 3ª reunião de cardeais para preparar o conclave

Durante encontros, religiosos começam a desenhar perfil do próximo papa

Por Da Redação 5 mar 2013, 08h23

A terceira reunião de cardeais para preparar o conclave que elegerá o sucessor de Bento XVI começou às 9h30 locais (5h de Brasília) desta terça-feira na Sala Nova do Sínodo, no Vaticano. Participam da congregação os 146 cardeais – 107 deles eleitores – já presentes no Vaticano desde ontem, além daqueles que chegaram nas últimas horas a Roma, número que será confirmado no final da sessão pelo porta-voz Federico Lombardi.

Leia também:

Cardeais querem informações sobre relatório do Vatileaks

O Colégio Cardinalício é composto por 207 membros, dos quais 117 são eleitores, ou seja, têm menos de 80 anos de idade. Os demais não podem votar, ainda que possam ser escolhidos papa.

Entrevista:

‘Papa não tem que ser super-homem’, diz presidente da CNBB

Desses 117, dois renunciaram a participar do conclave. Trata-se do indonésio Julius Darmaatmadja, por doença, e o escocês Keith O’Brien, ex-arcebispo de Edimburgo que é acusado de “comportamento inadequado” por outros religiosos na década de 1980.

O cardeal decano, Angelo Sodano, já disse que a data do segundo conclave do terceiro milênio não será confirmada até que todos os eleitores estejam presentes em Roma, o que deve acontecer nas próximas horas.

Leia também:

‘Não existe isso de dois papas’, diz professor de direito canônico

Continua após a publicidade

Ficou decidido que haverá uma congregação geral nesta terça-feira e outra na quarta-feira.

Saiba mais:

Saiba mais: Os desafios que Bento XVI deixa para o novo pontífice

Na segunda-feira, houve duas reuniões, uma de manhã, mais técnica, e outra à tarde, na qual o Predicador da Casa Pontifícia, o franciscano Raniero Cantalamessa, pronunciou a primeira meditação das duas previstas durante essas jornadas preparatórias.

Leia também:

As mudanças na vida de Bento XVI depois do pontificado

Nessas reuniões, são tratados os assuntos da Igreja prévios ao conclave e é fixada sua data de início. Os encontros são, ainda, um recurso para que os cardeais se conheçam melhor, comentem a situação da Igreja e desenhem o perfil do próximo papa.

(Com agência Efe)

Continua após a publicidade
Publicidade